24°C 27°C
Recife, PE

Codevasf anuncia construção de Casas de Mel no Sertão Pernambucano

Além de Dormentes, os municípios de Quixaba e Mirandiba receberão o equipamento que visa fomentar a geração de emprego e renda

12/03/2024 às 09h33 Atualizada em 12/03/2024 às 09h41
Por: Agenda News PE
Compartilhe:
Fotos: Codevasf / divulgação
Fotos: Codevasf / divulgação

Atenta às demandas dos municípios pernambucanos com potencial para a apicultura, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) tem atuado no fomento a essa atividade econômica. A empresa, por meio da Superintendência Regional em Petrolina (PE), anunciou a construção de mais duas Casas de Mel em sua área de atuação, situadas em Quixaba e Mirandiba, no sertão pernambucano. Cada equipamento está orçado em R$ 524 mil. Recentemente, o município de Dormentes também foi beneficiado com a autorização para construção de uma Unidade de Extração e Beneficiamento de Mel.

O investimento nas potencialidades da região Nordeste tem ocupado um papel de protagonismo na atuação da Codevasf. Com as Casas de Mel, os apicultores dos municípios atendidos podem ter a certificação necessária para a comercialização do produto. “Uma das nossas prioridades tem sido o fortalecimento dos arranjos produtivos locais. Temos um grande potencial na nossa região, seja na produção de mel e em outras culturas também. Esses arranjos produtivos são instrumentos para mudar a vida das pessoas”, destaca Edilazio Wanderley, superintendente regional da Codevasf em Petrolina.

Ainda segundo o gestor, as Casas de Mel diminuem a atuação dos "atravessadores", que compram o produto dos apicultores num valor abaixo e agregam um valor maior ao mel, passando a ter um lucro maior relacionado aos produtores. “O nosso mel muitas vezes não é comercializado como se fosse de Pernambuco. Entra a figura do atravessador, que compra do nosso produtor num valor muito abaixo, leva para outra região para certificar e vender, agregando um valor muito maior”, alerta Edilazio Wanderley.

Um futuro dourado

Quando Francisca Pereira, do município de Quixaba, decidiu empreender e seguir carreira como apicultora teve que driblar a desconfiança de alguns familiares. Com a garra da mulher sertaneja fez das suposições seu maior combustível para seguir no ramo da apicultura.

O começo foi com caixas improvisadas, mas, ao receber a doação de 15 caixas de abelhas da Codevasf, Francisca aumentou a produção e o lucro. Agora, com a Casa de Mel de Quixaba, a apicultora poderá ter a certificação necessária para vender diretamente o que é produzido por ela. “Será um apoio muito grande para nós apicultores e apicultoras. É uma produção muito rentável e que ganha cada vez mais espaço em Pernambuco”, destaca Francisca Pereira.

Segundo a apicultora, a projeção para 2024, com a Casa de Mel do município, é de superar os números do ano passado. “Para nós é uma felicidade grande trabalhar com o mel na nossa região. Este ano ainda veremos como será a nossa produção, mas a esperança é de que seja um ano ótimo para nós apicultores”, resume.

Os últimos dados da pesquisa Produção da Pecuária Municipal 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes à apicultura, apontam que a produção brasileira segue em expansão. O crescimento foi de 9,5% em 2022, quando comparado ao ano anterior. Isso representa um recorde de 61 mil toneladas do produto. Esse avanço teve como protagonista a região Nordeste, que teve alta de 6,5% na produção, totalizando 23,6 mil toneladas. Isso representa 38,7% do que é produzido no país. Desde 2017 a região nordeste vem numa curva ascendente de crescimento, ultrapassando a região Sul, que agora ocupa a segunda colocação com 36,8% do total nacional.

Recife, PE
24°
Parcialmente nublado

Mín. 24° Máx. 27°

25° Sensação
2.17km/h Vento
87% Umidade
100% (27.78mm) Chance de chuva
05h32 Nascer do sol
05h11 Pôr do sol
Qua 26° 24°
Qui 27° 24°
Sex 26° 23°
Sáb 27° 23°
Dom 26° 23°
Atualizado às 06h05
Economia
Dólar
R$ 5,39 -0,01%
Euro
R$ 5,79 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,57%
Bitcoin
R$ 349,297,34 +2,32%
Ibovespa
122,636,96 pts 1.07%
Lenium - Criar site de notícias